Região: Litoral do Sudoeste Alentejano
Local: Porto Covo / Vila Nova Milfontes / Almograve
Meio: Falésia , praia, costa selvagem, dunas
Tipo de percursos : LINEARES
Pontos de interesse : Portos de pesca, campos agrícolas, foz do rio Mira , variedade de espécies botânicas raras e endémicas do Sudoeste alentejano

DIA 20 PORTO COVO / VILA NOVA MILFONTES : Distância aproximada: 17Km
Duração aproximada: 6:00horas.
Dificuldade: média de 1 A 5 =3
Hora de Encontro em Santa Marta (Sede): 05:00h
Local de início e Hora: 8:30 Largo do Mercado de Porto Covo
Autocarro 11paus
Coordenadas geográficas : 37º 51′ 07.11” N 8º 47′ 26.87” W
Sócio Obrigatório
Seguros obrigatórios por lei
Caminhada grátis

Descrição :
O percurso inicia-se no Largo do Mercado de Porto Covo, Largo Marquês de Pombal, seguindo em
direção ao porto de Pesca. Depois de atravessar a ribeira o caminho segue junto à falésia até à praia
da Ilha do Pessegueiro, que deverá percorrer pelo areal até ao Forte da Ilha. A passagem sobre o
Barranco do Queimada faz-se recuando um pouco a interior e deste ponto até às Alturas do Norte , o
caminho segue por uma pista larga que contorna o extenso cordão dunar das praias dos Aivados e
Malhão . A paisagem muda de condição e as prais dão lugar a falésias imponentes que a partir deste
ponto até ao cabo de S. Vicente conferem a personalidade a esta Costa Selvagem. Até ao Porto das
Barcas vamos caminhar por uma paisagem notável que representa a maior extensão de dunas
consolidadas de Portugal que inclui uma enorme variedade de espécies botânicas raras e endémicas
do Sudoeste.
Vens Connosco!? O primeiro passo é teu!

DIA 21 ALMOGRAVE / VILA NOVA MILFONTES : Distância aproximada: 15Km
Duração aproximada: 5:00horas.
Dificuldade: média de 1 A 5 =3
Hora de Encontro em Santa Marta (Sede): 05:00h
Local de início e Hora: 8:30 Parque da praia de Almograve
Autocarro 11paus
Coordenadas geográficas : 37° 39′ 11.38″ N 8° 48′ 03.53″ W
Sócio Obrigatório
Seguros obrigatórios por lei
Caminhada grátis

Descrição :
Partimos da Praia de Almograve através de pequenas enseadas até à foz dos ouriços, através o trillho da linha de Costa, vamos passar pelas praias de Uma e do Brejo. Após a passagem por duas pontes de madeira , vamos passar por uma floresta de Acácias e teremos então a visão inesperada de grandes campos agrícolas que se estendem quase até ao mar , continuando a nossa caminhada em direção a Vila Nova de Milfontes através de uma pista larga junto ao rio iremos contornar uma zona de proteção total , onde se encontra uma espécie endémica em perigo de extinçaõ , apenas existente nesta área do globo – o Plantago Almogravensis ( que deu o nome a Almograve) , os nossos trilhos levam-nos a partir dali pela praia das furnas , seguindo depois alguns terrenos agrícolas e de pastagens. Espera-nos o o rio Mira e a sua imponente foz, que tão bem caracteriza a beleza de Milfontes. Atravessaremos então a ponte rodoviária aproximando-se o final de uma caminhada para recordar sempre
Vens Connosco!? O primeiro passo é teu!